Empresas ainda não sabem o que esperar do BPM

A disciplina de gerenciamento de processos de negócios (BPM, do inglês Business Process Management), vem ganhando importância nas empresas brasileiras, mas é um conceito que ainda exige evolução. Michael Rosemann, um dos maiores especialistas mundiais em BPM, fundador de uma comunidade de melhores práticas em BPM na Austrália, apresentou os passos necessários para definir um bom projeto, que começa na definição de uma meta, passa pela elaboração da estratégia de processos,…

Compartilhamento de dados 2.0

Web-Oriented Architecture. Este é um modelo cada vez mais popular já que usa como base protocolos da web para expôr dados de maneira web-friendly. Na sua essência, WOA usa um estilo arquitetônico conhecido como REST, que é extremamente poderoso em termos de criação de conjuntos de dados escalável e bidireccional. Porque WOA incentiva dados a serem armazenados em estruturas web, são portanto amigáveis facilitando o trabalho dos sistemas de procura.…

Gartner: 5 principais atributos da computação em nuvem

Um recente relatório da consultoria Gartner elenca os cinco critérios que definem o modelo de cloud computing (computação em nuvem). O Gartner define cloud computing como um estilo de computação escalável e elástica na qual os recursos de TI são fornecidos como um serviço para clientes externos, a partir da internet. Os cinco atributos definidos para a computação em nuvem são: 1.    Baseado em serviço – Na computação em nuvem…

Calculando ROI de SOA

Em momentos de crise (mas não deveria ser assim sempre?), somente os projetos que conseguem mostrar uma relação custo/benefício adequada e com a dose correta de risco avançam. Para provar sua “tese” sobre SOA, existe uma série de cálculos e argumentações, que vão do ROI de serviço até a palavrinha mágica “Lightweight” (leve, iterativa e ágil) – SOA não precisa ter um investimento alto no primeiro momento. E é muito…

8 previsões para web2.0 corporativa em 2009

Previsões de Dion Hinchcliffe para este ano: 1. Orçamentos apertados vão conduzir à adopção da Web 2.0 de baixo custo e soluções em nuvem / SaaS. Mesmo se parecer óbvio, não se engane. Empresas focarão em cortar custos e provavelmente muito de TI e downsizing de negócios, mas pode estar acontecendo uma onda de “Economia 2.0″. 2. Comunidade on-line e tecnologias 2.0 tecnologias tornam-se uma prioridade para a maioria das…

SOA ou WOA, foco em arquitetura ou web?

Ao longo do 2° semestre do ano passado, a blogosfera de TI foi varrida por uma conversa esobre os conceitos que muitos estão chamando Web-Oriented Architecture, ou WOA: mais do que uma maneira diferente de pensar sobre arquitetura orientada a serviços, um conjunto de tecnologias relacionadas em especial à interligação do conjunto de soluções necesssárias para os desafios do dia-a-dia. WOA oferece a promessa excitante do crescimento rápido do mundo…

SOA: amigo ou inimigo?

Cezar Taurion escreveu no seu blog Basicamente existem três tipos de budget para projetos SOA: a) Budgets específicos para SOA, que aparecem quando alguma tecnologia como ESB é necessária e seu custo não pode ser acoplado a nenhum projeto de negócio específico. b )Budgets para os projetos de negócios oriundo das LOB (Line of Business) baseados em SOA. Tende a ser o mais comum. c) Budgets redirecionados de outros projetos…

Maior dificuldade com SOA é determinar ROI

Pesquisa da Evans Data apontou que retorno do investimento é o desafio para justificar SOA para um de cada cinco entrevistados. A preocupação com o retorno do investimento ficou a frente de identificar os web services necessários, dos testes e validação ou conseguir recursos. “Os profissionais de TI sofrem com o ROI em SOA por que definir o retorno está além da área de TI e precisa ser compartilhado com…