homeBlog › Porque amostras e brindes funcionam?

Porque amostras e brindes funcionam?

Amostragem funciona porque temos instintos

Marina Pechlivanis, sócia-diretora da Umbigo do Mundo, explica porque o fato de presentear cria fortes vínculos comerciais. O artigo na verdade caminha para a importância do presente o EndoMarketing, mas vamos nos ater aqui aos interessantíssimos argumentos antropológicos do valor do presente e consequentemente da amostragem.

Antropologicamente este processo [o de presentear] ocorre porque trocas propõem vínculos entre quem dá e quem recebe. Vale para objetos, palavras, experiências, sensações. Em família, no trabalho, no mundo dos negócios. E não é de hoje, pois desde os antigos rituais de oferendas, em que a humanidade doava seus pertences a entidades superiores em busca de almejos, de prosperidade, de saúde, de respostas em um mundo adverso, cada pequena troca previa uma reciprocidade. Ou uma expectativa.

Para Claude Lévi-Strauss, as trocas são um fato “social tridimensional”, com aspectos sociológicos, históricos e fisiopsicológicos de experiências concretas, integrado a um sistema e a uma experiência individual. Daí a importância do psíquico nesse processo, em busca de realidades aprofundadas nas diferentes modalidades do social, nos diferentes momentos de uma história individual ou mesmo nas diferentes formas de expressão, conscientes e inconscientes.

O pensador também define que a reciprocidade obrigatória é o mecanismo necessário para a constituição de vínculos sociais, considerando a retribuição dos gifts recebidos também como reivindicação de prestígio e a transmissão de bens sem obtenção de vantagens econômicas — poder, prestígio, luxo, desperdício e afeto. E essas ações se desencadeiam em sequências de vínculos sociais que naturalmente geram ofertas, seja um presente, um convite ou uma conversa. É o que chama de lógica das relações: “os bens em questão não são apenas objetos físicos, mas também dignidades, cargos, privilégios” com importância sociológica subjetiva, para além do ato objetivo e circular das trocas.

Como são fortes nossos enraigados instintos (humanos?).

Fonte Mundo do Marketing

Não existem POSTs relacionados.

Esse conteúdo foi publicado em Monday, September 27th, 2010 às 10:09 e foi catalogado como Negócios. Você pode acompanhar qualquer resposta pelo RSS 2.0. Deixe seu comentário, ou trackback no seu próprio site.



Estatísticas da web

Deixe seu comentário